sábado, 21 de agosto de 2010

sinceramente


há coisas que eu não compreendo nem quero compreender.

1 comentário:

Rita disse...

E o melhor mesmo é nem chegar a compreender :$