sábado, 18 de setembro de 2010

amo-te


até que o meu coração pare de bater.

3 comentários:

cat. disse...

Talvez, mas às vezes cansa ver o tempo passar e chegar à conclusão de que se não formos nós próprios a fazer alguma coisa a outra pessoa também não faz...

Jo disse...

que bonito :)

Mafalda disse...

<3